Últimas Postagens

Entrevista: Rafael Ferreira revela os requisitos básicos para ser um bom retoucher

Você sabe o que faz um retoucher? Cercado por um monitor imponente e uma mesa digitalizadora, ele transita entre Lightroom e Photoshop e passa os dias constantemente atrás dos conhecimentos que aperfeiçoem a sua habilidade manual e bom gosto. Com esta descrição também podemos falar de Rafael Ferreira, retoucher, fotógrafo e palestrante do tema “Depois do Ensaio, Tratamento de Foto para Newborn”, na 6ª Edição do Newborn Photo Conference (19,20 e 21 de Abril).

Quer saber tudo? Confira abaixo nossa conversa com a fotógrafa e adquira seu passaporte para a edição 2016 do Newborn Photo Conference através DESTE LINK e ir acompanhando semanalmente curiosidades e informações sobre cada um dos palestrantes.

IMG_4050x

 

Atellie Fotografia: Rafael, no seu site profissional a gente encontra muito material de moda e você irá falar de tratamento com Newborn. Como será essa transição?

Rafael Ferreira: A transição é bastante natural porque, apesar do Photoshop ser um software enorme, cheio de recursos e funções, a diferença entre os dois tipos de fotografia é muito pequena. Poranto, independente do segmento da fotografia as técnicas de pós-produção usadas em cada um deles são praticamente as mesmas, principalmente quando se compara moda/retratos e newborn.

Atelliê: Então alguém que já domina as técnicas de pós-produção para moda, consegue tranquilamente fazer retoques nas fotos dos recém nascidos?

Rafael: Sim!O profissional só vai precisar adaptar o tipo de trabalho, mas a verdade é que quando se domina o aplicativo, fica muito fácil entender o que cada imagem precisa e qual a melhor forma de executar.

Atelliê: Como é o mercado para quem quer ser um retoucher?

Rafael: Pelo menos aqui no sul, o mercado de retocadores de imagens é bem amplo, e ainda carece de profissionais qualificados e preparados para as oportunidades que existem. Ou seja, é um mercado aberto, com bastante demanda. Quem se especializa e se aprofunda nessa área, consegue trabalhar bastante e com boa remuneração, tanto como colaborador de uma empresa ou como freelancer.

Atelliê: Quais ferramentas são indispensáveis para este tipo de trabalho?

Rafael: Em pós-produção as ferramentas basicamente são: um bom monitor e uma mesa digitalizadora. Um bom monitor é obrigatório para termos uma boa e fiel exibição das nossas fotografias. A mesa digitalizadora é funtamental devido aos benefícios que ela traz, como agilidade, precisão, praticidade e até conforto. Um computador rápido também é importante, apesar de não ser fundamental. E obviamente Lightroom e Photoshop. Juntando tudo isso com conhecimento e uma dose de bom gosto, podemos produzir imagens incríveis!

Atelliê: Quais dicas você daria para quem está começando na área, ou para quem deseja se especializar no trabalho de pós-produção?

Rafael: Estudar, estudar, buscar referências, praticar e estudar. O estudo é o ponto de partida, pois vamos formando uma gama de conhecimento e aprendemos a entender e dominar os programas de edição. A internet tem muito conteúdo pago e gratuito para começarmos a estudar e também existem muitos workshops pelo Brasil que podem nos ajudar. Eu mesmo ministro um workshop que tem passado por várias cidades do Brasil. Logo depois e não menos importante vem a prática. Só praticando conseguimos executar com sucesso tudo aquilo que aprendemos, e quando eu digo prática, é MUITA prática. E sobre buscar e ter referências, é importante para termos um norte, pra onde vamos direcionar nosso estilo de trabalho. Devemos ter como referência fotógrafos ou editores que fazem um trabalho que nos agrada, e que tenham sucesso.

IMG_4484

Atelliê: E o que você preparou para o Newborn Photo Conference?

Rafael: Preparei algo realmente muito interessante e importante sobre esse assunto que ainda gera muitas dúvidas nos fotógrafos de recém-nascidos e famílias. Pretendo mostrar técnicas e métodos que irão ajudar todos a melhorarem sua pós-produção, elevando sua qualidade e agilidade. Partindo da teoria, que envolve o tratamento de imagem, explicarei pontos importantes que devem estar bem claros na cabeça de quem edita ou pretende editar suas fotos. Logo em seguida, na prática, mostrarei vários tutoriais que estou preparando, com exemplos reais do dia-a-dia do fotógrafo de recém-nascidos e família. Problemas que precisamos lidar como pele do bebê, manchas avermelhadas, escaminhas, e muito mais! Tenho certeza que isso será muito útil, por isso, ninguém deve perder a minha palestra no Newborn Photo Conference.

 

Continue lendo sobre Newborn no Atelliê

Mais informações sobre a 6ª edição do Newborn Photo Conference no site oficial

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

*