Últimas Postagens

9 Dicas para fotografar Festas Infantis

foto-05
Aniversário infantil pode ser um dos eventos mais legais para os fotógrafos mas também um dos maiores desafios para um bom trabalho. Crianças são expansivas, com muita energia e movimentação e a e festa é repleta de pequenos eventos todos acontecendo ao mesmo tempo. Mas é difícil? Não, é algo bem simples e com um enorme mercado lucrativo a ser explorado. Para quem está começando na área temos algumas dicas que podem ajudar a fazer o registro perfeito do evento.

01 – Gostar de crianças é essencial

Primeiro porque, acredite: elas percebem quando você não gosta delas e costumam não curtir a sua companhia, dificultando o registro fotográfico. Segundo que seu trabalho não será de qualidade se uma festa de duas horas de duração ou mais for uma verdadeira tortura porque o aniversariante é uma criança e a maior parte dos convidados também é. Não é preciso amar crianças mas é gostar bastante e ter simpatia para cativar, assim garantem um evento agradável e até mesmo amar mais seu trabalho.

02 – Tenha uma equipe

Fotografar festa infantil sozinho é possível, mas depende do porte do evento. Quando supera o número de 80 convidados são muitas crianças e eventos acontecendo ao mesmo tempo, sendo importante não perder detalhes. O momento do parabéns é extremamente importante também e como o aniversariante é uma criança, são muitas as posições. Ao menos dois fotógrafos pode ser a quantidade necessária para dividir os cliques e não perder momentos importantes.

03 – Use bem as cores

O mais legal de festas infantis é a quantidade de cores envolvidas no cenário. Piscina de bolas são um excelente exemplo disso e rende belas imagens, assim como balões, o painel atrás do bolo e as próprias mesas. Tente captar a atmosfera colorida do evento tanto em detalhes como fotos com diversos personagens.
foto-01

04 – Usar o auto focus pode ser uma armadilha

As crianças se movimentam bastante e com tantas cores o auto focus da câmera pode direcionar para pontos fixos ou com tons mais fortes. Os diferentes tons de pele no movimento também podem dificultar, então é preciso ter o dobro da atenção para não perder um bom momento.
Uma dica é ter um ajuste mediano de foco e trabalhar no manual para quem já tem uma prática. A outra é acompanhar o movimento da criança com a câmera para conseguir focar em seu rosto e não desfigurar, criando também um efeito muito bacana conhecido como panning.

05 – Chegue cedo

Festas infantis são extremamente pontuais hoje em dia. Os aniversariantes costumam dormir cedo, alguns não suportam uma festa longa e vão embora logo. Chegar ao menos 30 minutos do evento começar permite não perder nada e ainda te dá tempo com algumas crianças chegando, fotos do aniversariante com os pais e animadores de festa. Chegar antes também te permite tirar foto da decoração para registro, doces e mesas arrumadas, crucial em eventos como esse.

06 – Não se esqueça da foto com os convidados

Os pais adoram saber quem esteve no evento e são os fotógrafos os responsáveis por fazer isso. No geral os pais mesmo convidam para ir de mesa em mesa fazer o registro mas pode ser também uma posição tomada pelos pais. Em ambos os casos não se pode esquecer. Ficando tarde e os primeiros convidados saindo lembre aos pais de fazer um registro.
Uma pergunta aos pais quem são os convidados mais importantes é importante para focar em algumas fotos como avós, madrinhas e tios próximos. Peça orientações de quem não pode deixar de ser fotografado como o chefe da empresa, parentes distantes e convidados que fazem questão estar em fotos. Com igual importância foque nas demais crianças e não apenas no aniversariante. Podem ser fotos interagindo com outras crianças ou apenas dos convidados.

07 – Não seja insistente com as crianças

Alguns pequenos são realmente modelos e amam cliques, outros nem tanto. A melhor saída é tentar captar a foto ao natural e se eles posarem bons, mas forçar não será agradável. Muitas crianças não conseguem ou não gostam e se sentem extremamente incomodadas com uma pose, podendo até mesmo criar trauma. Deixe elas brincarem e vá acompanhando o evento.
foto-03

08 – Não se esqueça de levar seu cartão de visitas

Festas infantis são uma enorme oportunidade de criar um mailing de contato com todo o tipo de fornecedor que pode indicar o seu trabalho como animadores, o buffet, a própria casa de festa e os convidados se curtirem seu trabalho. Tenha ao menos 100 cartões no bolso, nunca se sabe quando será a próxima oportunidade de uma nova festa.

09 – Simpatia sempre

Fotógrafo é um prestador de serviços em contato direto com o público e isso exige um pouco de simpatia. Não é preciso 100% de sorrisos para todos, mas é cativante trabalhar com alguém amigável, sempre com boas palavras e bom humor. Atendendo bem e usando da simpatia possivelmente você conseguirá um segundo contrato e muitas indicações.
Em resumo, você não pode deixar de fazer as fotos protocolares, que são as fotos na mesa do bolo com os pais e familiares. Registrar os gestos dos convidados pequeninos e não ser um fotógrafo “mala” que fica chamando o aniversariante querendo sempre um sorriso.

 


Leandro Queluci é formado em Design gráfico e se especializou na computação gráfica visando trabalhar com cinema. Mas, quis o destino guiado por Deus que ele fotografasse um casamento por imprevisto, onde descobriu uma grande paixão. Atualmente Leandro e sua esposa fotografam casamentos por todo o Brasil e ministram workshops de Fotografia, Edição e computação gráfica.
Portfólio | Facebook | Veja todos os artigos de Leandro no Atelliê

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

*