Últimas Postagens

Conseguiu comprar sua primeira DSLR, mas e agora?

A ansiedade e a satisfação que acompanham a chegada da, tão sonhada, primeira DSLR são tão grandes quanto o desespero frente a tantas possibilidades fotográficas e botões desconhecidos da nova câmera. Para tornar essa transição um pouco mais tranquila, separamos 3 dicas rápidas que vão colaborar com o crescimento e desenvolvimento da sua fotografia. Confira:

1) Você não precisa ler todo o manual de uma vez só

Um manual apresenta conceitos importantíssimos sobre como a maioria das coisas na sua câmera funciona, mas não é ele que vai te ensinar a tirar boas fotos. Logo, o ideal é mantê-lo sempre ao alcance e utilizá-lo quando precisar aprimorar suas configurações e descobrir se sua câmera é ou não capaz de fazer alguma coisa que você ainda não sabia.

2) Arrisque para além do Automático (e saiba controlar seus pontos focais)

Fotografando no modo automático, sua câmera vai continuar sendo um mistério pra você. Independente do segmento fotográfico que você mais gosta, dê a si mesmo o desafio de fotografar pela primeira vez em modo manual (ou outros modos) e tentar dominar sozinho o seu equipamento. Quando você sabe rapidamente alterar os pontos focais da sua imagem, você se torna o dono da sua própria composição (e não precisa esperar a máquina te dizer onde focar). Se você ainda não sabe como controlar seus pontos focais, recorra ao seu manual de instruções da sua câmera!

3) Exercite com “test shoots

Ter em mãos a sua primeira DSLR não significa que você vai se transformar instantaneamente em um capacitado fotógrafo profissional, portanto não espere (e não aceite) ser contratado para algum job. Exercite seu olhar e suas técnicas organizando pequenos ensaios de teste: vale convidar um amigo para ser modelo, fotografar a própria mãe, as flores do jardim ou o centro da sua cidade… volte pra casa com essas imagens, olhe pra elas, descubra o que te agrada ou não e assim você irá, além de dominar o seu equipamento, desenvolver o seu olhar como fotógrafo.

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

*