Últimas Postagens

Dica de Livro: “Arte da Composição Vol.2”, por Ernesto Tarnoczy

Publicado pela iPhoto Editora, “Arte da Composição” é o segundo volume escrito por Ernesto Tarnoczy Júnior sobre este tema.

As quase 200 páginas do livro foram, além do meu primeiro contato com a obra de Ernesto, o primeiro livro que li desta editora e já fiquei logo impressionada com a qualidade do material: as folhas são tão firmes e resistentes que eu me peguei (mais de uma vez) conferindo para ver se eu estava passando mesmo apenas uma página. Além disso, basta uma breve folheada para perceber que o espaçamento (das bordas, linhas e legendas) é amigável e facilita bastante o ritmo da leitura. A literatura de Ernesto também flui com facilidade, mesmo quando assuntos mais técnicos são abordados.

Recheado de imagens e prefaciado por Enio Leite, ler este livro é quase como visitar a própria caderneta íntima de anotações de campo de Ernesto Tarnoczy. Ao longo de seus nove capítulos, o autor esmiúça diversas facetas da composição fotográfica e, inquieto, nos apresenta seus próprios exemplos exercitando os conceitos que o livro aborda. Suas coloridas e instigantes imagens abstratas, são inspiradoras e, página após página, impulsionam a busca pela fotografia que espera para ser clicada nos contornos de uma lixeira ou nas sombras de uma janela.

arte-da-composição (2) (Small)

Arte da Composição (Small)

Relatando como (e por quê) cada uma de suas imagens foi clicada, Ernesto começa este livro nos convidando a olhar ao nosso redor em busca de “Molduras Composicionais” (o foco do primeiro capítulo): “As molduras composicionais conduzem o olhar do espectador para o centro de interesse da foto, eliminando distrações e gerando mais impacto“. Embora novos conceitos serão apresentados nos capítulos seguintes (principalmente os próximos quatro: ‘O conceito de fluidez’, ‘O conceito de assimetria’, ‘O conceito de simetria’ e ‘O conceito de minimalismo’), Ernesto não deixará de lado a importância das molduras até que o livro termine: “Ao olharmos o mundo através da máquina fotográfica, estaremos utilizando para isso o visor, que em última instância é uma moldura“.

Após nos conscientizar (e exemplificar) sobre a existência das inúmeras molduras que nos cercam (espelhos, vitrines, televisores e tantos outros), Ernesto Tarnoczy nos contamina com uma necessidade de interromper a leitura por um instante e, até mesmo involuntariamente, olhar para os lados em busca dessas mesmas molduras: pronto! O leitor está preparado para se aprofundar um pouquinho mais no universo da composição fotográfica.

Eu estou acostumada com guias práticos e outros livros sobre fotografia, mas fui surpreendida com a fluência e a organização dos capítulos de “Arte da Composição“. Os temas evoluem à medida que nos aproximamos da metade ou do final do livro, como acontece em um bom livro didático: após nos oferecer todo o embasamento e os conceitos necessários, Ernesto, como um bom professor, nos leva a refletir sobre situações mais densas e questionadoras.

É impossível sair intacto ao ler os capítulos da segunda metade do livro: ‘O tempo na fotografia’, ‘A originalidade do olhar’, ‘O momento incisivo’ e ‘O salto quântico’. Nestes, os meus preferidos, o autor nos apresenta propostas inovadoras e criativas para se descobrir como um artista original em meio ao bombardeio de fotógrafos da nova era digital.

Leitura mais que recomendada! Valeu pelo presente, iPhoto Editora!

Compre o seu neste link.

arte-da-composição (4) (Small)

arte-da-composição (9) (Small)

arte-da-composição (6) (Small)

arte-da-composição (10) (Small)

arte-da-composição (1) (Small)

arte-da-composição (11) (Small)

arte-da-composição (12) (Small)

arte-da-composição (7) (Small)

 

Veja outras dicas de Livros

Acompanhe as novidades da iPhoto Editora pelo Facebook

Deixe seu comentário

3 comentários

  1. CARLOS ALBERTO MOURA HENRIQUE SARGENTO DO CORPO DE BOMBEIROS

    FASCINANTE, ADMIRO ESTES PROFISSIONAIS, POIS ESTOU AINDA COMEÇANDO MINHA CARREIRA NA FOTOGRAFIA, BUSCO ESTUDAR BASTANTE, PARA QUE UM DIA TAMBEM, QUEM SABE PODER ENSINAR ALGUÉM…..

  2. Gabriel Benato

    Comprei o livro faz 3 dias e já estou nos últimos capítulos, é uma leitura fluente muito rápida e objetiva.
    Os conceitos como: molduras, assimetria, simetria e etc…. São fantatiscos ainda mais com as imagens do próprio autor.

    Excelente livro.

  3. Alexandre Paiva

    Onde posso encontrar o volume 1? O segundo volume é dependente do primeiro?

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

*