Últimas Postagens

6ª edição do Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia

6ª-edição-do-Prêmio-Diário-Contemporâneo-de-Fotografia

Deu na Página Cultural O candidato interessado tem, agora, até o dia 20 de fevereiro (sexta-feira) para inscrever seu dossiê na 6ª edição do Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia, porém, para os trabalhos enviados via Correios até a data limite de postagem, é aconselhado o uso de serviços de correio expresso (Sedex). Criado em 2010, o edital é aberto a todos os artistas brasileiros ou residentes no país, e oferece três prêmios no valor de R$ 10.000,00 cada. No site www.diariocontemporaneo.com.br estão as informações completas.

Este ano, o tema Tempo Movimento traz como objetivo abrir espaço para propostas em fotografia, vídeo, instalações, projeções e trabalhos que misturam suportes. O projeto selecionará e premiará obras que estabeleçam dinâmicas de mobilidade da imagem, seja ela fixa ou em movimento, seja congelando ou expandindo a ideia de tempo.

Desde que eram somente mídias analógicas, a fotografia e o cinema sempre foram referências conceituais mútuas, porém, com explosão da tecnologia digital, uma convergência dessas mídias fez com que o processo se acentuasse. Vemos hoje uma forte aproximação da linguagem fotográfica com a audiovisual, decorrente das transformações da tecnologia fotográfica e cinematográfica.

A diferença entre as mídias, suas individualidades e suas identidades lhes empurraram para um sistema de parceria, no qual algo que uma linguagem não tenha em sua natureza, é facilmente absorvido da outra, se complementando.
Se formam narrativas visuais mais fluidas, de caráter multimídia, principalmente com a elasticidade de uma imagem digital. São múltiplos os recursos imagéticos.

O Diário contemporâneo busca receber trabalhos assim, pois ele próprio tem um caráter múltiplo quando visa não somente expor trabalhos artísticos, mas se relacionar com o público em diferentes aspectos. “Tenho certeza que o Diário Contemporâneo não existiria se a cidade de Belém não tivesse uma produção fotográfica constituída. A contribuição do projeto seria ampliar a noção de fotografia dentro da arte, promover uma reflexão por meio das palestras, oficinas e cursos, ao reunir pesquisadores de Belém e de outras regiões do Brasil durante a programação. Mas é muito importante que se diga que a contribuição também se expande para o Brasil. É uma contribuição de Belém para a produção e pesquisa sobre fotografia brasileira já que o projeto faz circular a produção de artistas de todas várias regiões”, ressaltou Mariano Klautau Filho, curador do Projeto.

Ao não se restringir somente à premiação, ele incentiva a educação e a pesquisa com uma programação formativa e educativa com as escolas, ações que acontecem nos espaços expositivos dos parceiros Casa das Onze Janelas e Museu da UFPA. “A nossa ação educativa com as escolas e com o público em geral mediada pelos monitores vem sendo melhor estruturada a cada ano. Isso é um diferencial para que o público entenda como a fotografia se expandiu e como ela funciona como trabalho artístico. E repito: isso também só é possível porque temos uma cidade com experiência de produção, pesquisa e interesse em fotografia”, acrescenta Mariano.

EDITAL

Os dossiês inscritos deverão conter: portfólio com as imagens da série proposta para o Prêmio, sendo uma série de no mínimo oito e no máximo doze imagens de até de 24×30cm cada uma; breve apresentação sobre o trabalho com no máximo quinze linhas; currículo resumido; dados técnicos de montagem, formato e dimensões para apresentação da obra, segundo suas especificidades. O endereço de entrega e envio é a sede do VI Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia, que fica localizada na Rua Aristides Lobo, 1055, bairro do Reduto.

Ao se inscrever o candidato concorre livremente a qualquer um dos prêmios de acordo com a sua linha de trabalho, não havendo hierarquia na premiação.

É necessário que o dossiê reflita a proposta do artista, “entendo que o que conta é a unidade das obras apresentadas, a adequação da proposta de acordo com o edital do projeto. Enfim, clareza e objetividade naquilo que se propõe a apresentar para análise da comissão. O artista deve apresentar um trabalho que tenha um material coerente, principalmente com o que quer, e linear sem perder o foco principal da sua proposta”, lembra Irene Almeida, produtora e assistente de curadoria do Projeto.

A comissão de seleção e premiação desta 6ª edição será composta pela fotógrafa e pesquisadora no campo da imagem, Lívia Aquino; Marisa Mokarzel curadora, crítica e pesquisadora em Artes; e Val Sampaio, artista e pesquisadora em Artes.
Serão selecionados no máximo vinte e cinco artistas, incluindo os três premiados; todos participarão da Mostra VI Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia, que ocorrerá no período de 22 de abril a 22 de junho, na Casa das Onze Janelas.

Serviço:

Diário Contemporâneo inscreve até 20 de fevereiro. Edital e Ficha de Inscrição no site oficial.
Informações: Rua Aristides Lobo, 1055 (entre Tv. Benjamin Constant e Tv. Rui Barbosa) – Reduto.
Contatos: (91) 3355-0002; 8367-2468 e premiodiario@gmail.com

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

*