Últimas Postagens

4 regras para uma carreira de sucesso na fotografia

Em um momento no país onde só se fala na “crise”, venho aqui por meio deste artigo te contar, não um “segredo”, mas algumas regras básicas de educação financeira que mudará o rumo da sua carreira como fotógrafo.

Claro que são regras primordiais para qualquer negócio, não somente na fotografia, porém usarei uma linguagem mais “nossa”, adaptando as regras para o nosso negócio.

Antes tenho que te frustrar um pouquinho. Pode ser que você tenha migrado para a fotografia achando que nunca encontraria a matemática outra vez depois daqueles anos exaustivos no ensino fundamental e médio. Me arrisco a dizer que a pessoa que foge das contas quase sempre são endividados, não gostam de falar das dívidas e consequentemente não conseguem crescer profissionalmente.

Então, a partir de agora você se tornou amigo da matemática e fazer contas é um grande hobby na sua carreira. O sucesso começa por aqui!!

foto5

As 4 regras para aplicar nos negócios são:

Ganhar, gastar, economizar e investir. Simples e de extremo valor. Essas regras devem ser aplicadas na sua vida pessoal e na sua empresa, ou seja, suas contas pessoais não podem se misturar com as contas do seu negócio. E para que isso não aconteça, você deverá ter um salário fixo com comissões todo mês. Conforme as vendas do seu serviço vão acontecendo, mesmo que sejam muitas vendas, você terá um valor fixo e uma pequena comissão. E o restante será da empresa. Essa é a primeira e segunda regra, Ganhar e gastar.

Os gastos da sua empresa não devem exceder 50% do valor recebido, e nesta quantia estará o seu salário somado à conta de luz, água, telefone, internet e qualquer outra dívida que sua empresa tenha mensalmente.

Você deverá pagar tudo em dia, nada de deixar para última hora como se a conta fosse desaparecer de uma hora para outra. Pague o que tem que pagar, e se por acaso sua empresa tem tido mais gastos do que 50% da receita bruta, então alguns gastos deverão ser cortados e/ou diminuídos. Claro que ao colocar no papel todos os gastos de sua empresa, você levará um susto ao perceber que tem muito mais do que 50%  de gastos, mas não se assuste, todo mês novas contas serão eliminadas e logo você terá uma planilha bem mais enxuta.

Economizar: Na terceira regra, me arrisco a dizer que 99% da população não sabe economizar. Estamos de baixo das circunstâncias da vida, não temos 100% do controle de tudo. Imprevistos acontecem e se não estivermos preparados não vemos o buraco no fundo do cofre que está levando nossas economias.

O “economizar” serve para os imprevistos do decorrer do mês. Uma pilha que se estraga, uma lente que se quebra, e até mesmo aquele problema no carro que precisa ser resolvido. Os aparelhos como computadores, tem um tempo de vida útil, e podem parar no momento que você mais esteja precisando.

Não deixe com que esses imprevistos te peguem de surpresa. Mesmo que você tenha seguro dos equipamentos fotográficos, você precisa ter de reserva no mínimo o valor para comprar tudo outra vez. E esse valor ficará guardado, de preferência em uma conta poupança onde só será mexido em caso de necessidade extrema. Você irá economizar 20% da receita todo mês.

Investir: É impressionante como muitos fotógrafos não pensam na carreira a longo prazo. Investir não é somente em propagação, mas em você também, nos equipamentos que deseja comprar afim de melhorar a qualidade das fotos.

Investir em estudo, propagação do seu serviço, equipamentos que irá comprar, são investimentos a longo prazo que devem ser traçados através de metas, por escrito, como um alvo que deseja atingir. À medida que você propaga sua marca, você se capacita em conhecimento e infra estrutura para ter sempre o que o mercado tem de melhor. No “investir” você deverá separar 30% da receita.

macchina fotografica e rullini

Ganhar: Vá a caça, aumente seus meios de divulgação. Todo dia é dia de vender e divulgar suas fotografias. Todo dia é dia de vender!

Gastar: Pague tudo o que tem que pagar sem atrasos e analisando o que realmente é importante para sua empresa, se desfazendo do que não tem relevância.

Economizar: Tenha um caixa reserva para imprevistos. Você não consegue ter o controle de tudo. Mesmo que você tenha seguro, leva um tempo para o seguro te reembolsar, e a data de um serviço não vai te esperar.

Investir: Sem investimento não há crescimento. Os anúncios nas redes sociais são relativamente baratos, não deixe de propagar sua marca. Com essa aceleração na tecnologia e nos meios de comunicação, deixar de fazer cursos e investir em equipamentos pode te tirar do mercado. Não deixe para investir com o que sobra e quando sobra, faça um planejamento mensal separando a porcentagem do investimento.

 


Leandro Queluci é formado em Design gráfico e se especializou na computação gráfica visando trabalhar com cinema. Mas, quis o destino guiado por Deus que ele fotografasse um casamento por imprevisto, onde descobriu uma grande paixão. Atualmente Leandro e sua esposa fotografam casamentos por todo o Brasil e ministram workshops de Fotografia, Edição e computação gráfica.

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

*