Últimas Postagens

6 erros que um fotógrafo não pode cometer

fotógrafo

Atualmente, encontramos muitos fotógrafos no mercado, ou aqueles que se dizem fotógrafos, atuando nos mais variados nichos. Com o passar do tempo alguns vão abandonando a carreira enquanto que outros vão se consolidando.

E qual será a diferença entre esses dois grupos? A qualidade das fotos? Será que a câmera ou qualquer outro equipamento influencia para este fato?

Pois bem, neste artigo vou citar alguns erros que podem tirar um fotógrafo do mercado sem prévio aviso!

 

Erro 1) Achar que um bom fotógrafo se faz com uma câmera muito boa

Uma das perguntas que mais recebo é: Qual câmera devo comprar? Devo comprar uma câmera Fullframe?

Claro que uma boa câmera faz sim, uma grande diferença. Mas alguns requisitos fundamentais você precisa saber antes de investir em um equipamento de peso. Endividar-se comprando uma câmera profissional com uma agenda vazia pode ser um tiro no pé. O melhor investimento que você pode fazer para começar é investir em conhecimento. Estude muito primeiro e comece com uma câmera simples, sua necessidade dirá a hora de trocar e investir em um equipamento melhor!

 

Erro 2) Atirar para todos os lados

É muito normal para um fotógrafo que está começando querer fazer tudo e gritar para todos os lados que está fotografando. Alguns chegam a ir para grupos do Facebook suplicando por um cliente que o contrate. Lógico que você precisa de um portfólio.

Você precisa descobrir qual nicho você gosta mais de atuar e só saberá disso atuando. Então fotografe de graça. Isso mesmo! Você ainda não tem nome, não tem mostruário, fotografe de graça! Veja um parente ou um casal de amigos que queira ser seu modelo em troca das fotos. Não há nada de errado nisso!

Depois de descobrir qual nicho você mais gosta de fotografar, tenha em mente o seguinte, deste nicho, uma faixa do mercado vai gostar do seu estilo, e um grande erro que você pode cometer é querer ser fotógrafo de todos. Um fotógrafo não se adapta ao cliente, o cliente que procura o fotógrafo que tenha o estilo que ele mais gosta. Ou seja,
não são todas as pessoas que vão gostar do seu trabalho. Algumas noivas já disseram que minhas fotos são escuras. E eu sei disso! Realmente são. Mas são para noivas que gostam desse estilo mais escuro, que curtem fotos com sombras. As noivas que não gostam vão procurar por um fotógrafo que tira fotos mais claras, já que mesmo sabendo fazer fotos claras, não é o meu estilo, então não vou fazer.

 

Erro 3) Ganhar clientes fazendo mais barato

Aqui no blog tem artigos falando sobre os gastos reais de um fotógrafo. Entrar no mercado achando que você tem concorrentes e que vai vencer deles porque tem o melhor preço, vai te levar a decadência. Não vou entrar em detalhes do porque, mas dizer que um fotógrafo que entra no mercado brigando por preço, não consegue sair mais dele, e logo não consegue mais investir em uma câmera melhor e nem mesmo fazer um bom workshop. Tenha um diferencial, faça algo que no mercado ainda não tenha, daí sim, você poderá colocar o seu preço independente dos valores de outros fotógrafos.

 

Erro 4) Achar que é melhor do que alguém

Ao descobrir seu estilo, sua fotografia ficará visível e muita gente vai te elogiar. Elogio enche nosso ego, mas não deixe que suba a sua mente que o processo de crescimento acabou e que você agora é “TOP”, não precisa mais de ninguém. Acho que esse é o pior de todos os erros. Fico impressionado quando vejo em grupos de fotógrafos, um fotógrafo que até ontem estava ali pedindo ajuda, hoje entra e faz críticas aos colegas de forma destrutiva. Procura defeitos nos trabalhos dos outros como se fosse o dono da verdade e proprietário da fotografia ideal. Entenda uma coisa, na fotografia existe inúmeras interpretações e cada um se expressa como quer. Não pense que uma crítica invejosa não difere da crítica construtiva. Há muita diferença sim, e quem está de fora entende a diferença. Você já se acha no nível de professor, ótimo, então mostre o certo sem apontar erros para seus seguidores.

 

Erro 5) Não ter um foco!

Todos os dias nós somos bombardeados por muitas informações. Na sua grande maioria informações sem conteúdo que tem como objetivo te vender alguma coisa, simplesmente segurando você naquela programação. Quando uma pessoa não tem seu foco definido acaba perdendo muito tempo do seu dia com as improdutividades da televisão e da internet.

Quando você enche sua mente com “porcaria”, nem sempre sobre espaço para o que realmente importa. Sua produtividade acaba sendo baixa e você logo estará atarefado pendente de trabalhos para entregar e sem novas perspectivas na fotografia.

 

Erro 6) Postar fotos demais

Sabe qual a diferença entre o bom fotógrafo e o mal fotógrafo? É que o bom fotógrafo só mostra as fotos TOP, enquanto que o fotógrafo “ruim”, mostra tudo. Não sei quem criou esta análise, mas é a pura verdade. Saber selecionar as fotos para expor nas redes sociais é crucial para o seu crescimento. Lembre-se, conteúdo define a audiência. Com seu estilo formado, você será procurado por pessoas que curtem o seu estilo e que estão dispostos a pagar o valor que você quer cobrar.

Claro que existem muitos outros erros que podem prejudicar muito sua carreira. Mas atentando-se para estes 6 você já estará a caminho de uma carreira bem sucedida como fotógrafo.

Boa fotos e sonhe alto!

 


Leandro Queluci é formado em Design gráfico e se especializou na computação gráfica visando trabalhar com cinema. Mas, quis o destino guiado por Deus que ele fotografasse um casamento por imprevisto, onde descobriu uma grande paixão. Atualmente Leandro e sua esposa fotografam casamentos por todo o Brasil e ministram workshops de Fotografia, Edição e computação gráfica.
Portfólio | Facebook | Veja todos os artigos de Leandro no Atelliê

 

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

*