Últimas Postagens

Fotografia de eventos: o que realmente é necessário?

Configuração da câmera

Em meio a tantas informações de inúmeros fotógrafos que vemos na internet, você pode estar inseguro sem saber como começar e que equipamentos usar.

Segue aí algumas dicas básicas para você que está tentando começar na carreira fotografando eventos e sofreu uma overdose de informações na internet o deixando completamente confuso.

01. Equipamentos

Essas são as perguntas que mais recebo pelo WhatsApp e pelo Facebook: Qual câmera devo comprar? Que curso devo fazer? Qual flash? E lente?

Muitas perguntas com infinitas respostas. Isso porque cada estilo pode seguir para um tipo de equipamento específico, e quando se está começando, em 90% dos casos, ainda não se tem um estilo certo, um seguimento em que deseja seguir.

Então a minha dica é que você comece pelo básico e conforme for se descobrindo na fotografia você vai investindo nos equipamentos que supram mais o seu desejo na fotografia.

O básico seria uma câmera semi profissional e uma lente clara. Câmeras Semi profissionais custam uma média de 2 à 6 mil reais. Não se iluda com câmeras com valores inferiores a esta média. Lentes claras são lentes de boas aberturas, representadas pelo F/ na câmera. É o diafragma que quanto menor o número, mais clara é a lente, e mais cara R$R$ também. Começando com uma lente entre F/1.8 à F/2.8 é um ótimo começo. Na dúvida leia as informações da lente antes de comprar. E cuidado com as lentes Zoom de grande formato. Elas impressionam com o tamanho, mas em eventos a noite podem ser desnecessárias dependendo do Diafragma.

02. Conhecimento

Alguns fotógrafos dizem que você precisa estudar fotografia antes de comprar os equipamentos, para evitar erros na compra. Porém é muito difícil aprender de forma rápida e eficaz os componentes básicos de uma foto sem ter uma câmera nas mãos. Aprendendo e praticando! Vou deixar aqui configurações básicas que você vai precisar entender antes de sair estudando fotografia sem direção.

Velocidade: É a velocidade com que o disparo acontece. Velocidade segura parte de 1/100 para eventos. Entendendo como funciona o disparo você terá infinitas possibilidades de fotos.

Diafragma: Exatamente a abertura que é determinada pela lente. Em um evento usar lentes com boas aberturas te dará fotos com mais qualidade, mas cuidado com o espaço de foco, pois no visor da câmera você pode não ter a exata noção de como estará saindo suas fotos até levar para o computador. Procure não usar aberturas maiores do que F/2, e para fotos protocolares (feitas geralmente na mesa do bolo) utilize F/3.5 já que o campo focal é maior e você não corre o risco de deixar o rosto de ninguém desfocado.

ISO: Quanto menor o ISO maior é a qualidade da foto. Câmeras Semi profissionais geralmente aceitam muito bem um ISO de no máximo 1600, passando disso costuma granular a fotografia. Faça testes antes de ir para o evento para saber o limite ideal de ISO da sua Câmera.

Balanço de Branco (WB): Automático.

Eventos em salões costumam ter uma misturada de luzes com cores variadas nas paredes . Além das cores que refletem da decoração que varia de evento para evento. Seria insano ficar com a câmera fazendo o balanço de branco em cada área do salão. Então coloque a câmera para pensar pra você, automático funciona bem e a margem de erro será muito menor do que se fosse feito por você as configurações do equipamento.

03. Acessórios

Você também vai precisar de bons acessórios para embarcar nesta aventura que envolve muita emoção e responsabilidade, que é ser fotógrafo de eventos. Primeiro porque você não tem controle absoluto da situação, ou seja, muitas mentes pensando e agindo por conta própria pode resultar em imprevistos um pouco desagradáveis. Então vou deixar aqui algumas dicas de acessórios que utilizo nos eventos, mas que não necessariamente será uma regra para você começar.

Flash e Led: Para começar recomendo que utilize um flash baratinho. Flash´s caros podem ter muitos recursos que você não saberá usar de início. Então vá com calma e tentando explorar o máximo do que o Flash pode te proporcionar.

Ter um Led na minha opnião é essencial, mas que não é realmente necessário para começar. Gosto muito do Led pois posso colocá-lo em um ponto fixo como se fizesse parte da iluminação do salão, e em alguns casos, nem chegoa usar o flash.

Cartão de Memória: Só uso da Sandisk Classe 10 com mínimo de 30mb/s. Pense, são fotos de um evento que custou caro, não posso correr o risco de depois desse trabalho todo meu cartão de memória dar erro ou algum problema. Não vale a pena economizar em cartão. Sempre formato ele antes de começar o evento. Trocou de câmera, formate outra vez, cada câmera tem suas configurações, e ao formatar a câmera faz o reconhecimento do cartão que está usando.

Bolsa e polchete: Tenha uma bolsa que caiba tudo de forma organizada. Acessórios reservas como cartão de memória, pilhas e bateria da câmera deverá estar em uma polchete presa em sua cintura. Mesmo que você não vá usar, mas tenha os acessórios reservas em suas mãos em caso de urgência.

Check List: O Check List é uma lista com tudo o que você vai usar no evento escrito em uma folha. Conforme você for colocando tudo na bolsa vai riscando no Check List, assim você evita de esquecer algum acessório importante que prejudique o andamento do serviço.

O ideal é ter um “reserva” para tudo. Cartão de memória reserva, Pilhas reservas, bateria reserva e até câmera e Flash reserva. Tudo deverá estar na bolsa um dia antes do evento. Dando falta de alguma coisa, terá tempo de se organizar. Não deixe para fazer o Check List na hora de ir para a Festa e chegue sempre com 01 hora de antecedência no evento marcado.

Você também vai precisar de um bom computador para descarregar todas as suas fotos e fazer o trabalho de pós produção. Tenha um HD externo para backup do seu material. Lembre-se, ser fotógrafos de eventos é eternizar todo o investimento que foi feito no evento, desde buffet, espaço, decoração, etc… E o contratante espera de você a recordação disso tudo.

Boas fotos!


Leandro Queluci é formado em Design gráfico e se especializou na computação gráfica visando trabalhar com cinema. Mas, quis o destino guiado por Deus que ele fotografasse um casamento por imprevisto, onde descobriu uma grande paixão. Atualmente Leandro e sua esposa fotografam casamentos por todo o Brasil e ministram workshops de Fotografia, Edição e computação gráfica.

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

*